Nelson Rolihlahla Mandela

Posted on Dezembro 11, 2013

0


conheca-um-pouco-sobre-nelson-mandela-africa-do-sul-biografia9

E Mandela se foi.

Um dos últimos ícones de luta do século XX. Sim, luta. Mandela soube entender o mundo em que viveu, compreendendo que não dá para agradar a gregos e troianos, quando a luta é política. Não abriu mão da possibilidade de travar embates. Mas, soube atuar institucionalmente.

00019979-970Enquanto os abutres responsáveis pelas suas quase três décadas de reclusão, de roubo de sua liberdade, entoam palavras afáveis, seu funeral se torna evento global, com direito a “selfies” dos algozes.

Como li Zizek, no The Guardian, Mandela não venceu. E todas essas comemorações são rituais midiáticos. Se Mandela tivesse vencido, haveria outro bloqueio criminoso, como contra Cuba?

Hoje, os algozes te aclamam. Ontem, te classificavam Terrorista.

Ao me deparar com matérias sobre sua morte, tem-se a impressão que o apartheid terminou por decreto ou ascensão de um negro a direção de um país. É como se a subida de Dilma Roussef desse fim ao machismo patriarcal que embala estatísticas  e rende notícias diárias de violência.

Na África do Sul, 25% de sua população se encontra desempregada. Um em cada três negros se encontra desempregado, ao passo que um em cada vinte brancos está sem trabalho. A renda entre brancos e negros tem enormes diferenças. A taxa de pessoas com AIDS, entre os negros, é altíssima. Em 2012, 34 mineiros foram mortos a tiros em Marikana, mina de platina da Lonmin, em Rustenburg. Algum branco? Desde o “fim do apartheid”, a desigualdade social na Africa do Sul aumentou.

Agora, junto com a elite branca, novos cooptados compõe a nova elite política. Entoam mantras de submissão.

Mandela pode ter sido derrotado. Mas, acalentou  e acalenta ideais.

Grande Mandela! Seu trabalho foi bloqueado assim como sua liberdade, mas, sua insistência marcou a História moderna.

Enquanto caminhamos para a “Idiotacracia”, você foi um grande Humanista-lutador. Você foi derrotado por instituições monstros, como a CIA. Mas, não perdeu a batalha pela História!

Posted in: mundo