III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CULTURA

Posted on Maio 6, 2013

0


cropped-minc-logo-horizontal-com-rr-mg-c

Anunciado o calendário e tema para a III Conferência Nacional de Cultura

O Secretário de articulação institucional do Ministério da Cultura, João Roberto Peixe, em palestra no “Seminário de Planos Estaduais de Cultura” informou as bases da III CNC, que acontecerá em Novembro de 2013.

TEMA GERAL

UMA POLÍTICA DE ESTADO PARA A CULTURA – DESAFIOS DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA

TEMAS ESPECÍFICOS

a) IMPLANTAÇÃO DO SNC

Impactos da Emenda Constitucional do SNC na organização da gestão cultural e participação social

PALAVRAS CHAVE: Marcos legais | Controle Social | Qualificação da Gestão Cultural

b) PRODUÇÃO SIMBÓLICA E DIVERSIDADE CULTURAL

Fortalecimento da produção artística e de bens simbólicos, bem como da proteção e promoção da diversidade das expressões culturais

PALAVRAS CHAVE: Criação | Circulação | Formação Artística | Democratização da Comunicação | Valorização do patrimônio

c) CIDADANIA E DIREITOS CULTURAIS

Garantia do pleno exercício dos direitos culturais e da consolidação da cidadania

PALAVRAS CHAVE: Acesso | Tecnologias sociais | Articulação em rede | Formação para a Diversidade

d) CULTURA E DESENVOLVIMENTO

Economia Criativa como estratégia de desenvolvimento sustentável

PALAVRAS CHAVE: Territórios criativos | Fomento às condições materiais da Criação | dinamização da economia criativa

CALENDÁRIO DE REALIZAÇÃO

MUNICIPAL/INTERMUNICIPAL Até 14 de Julho

REGIONAL/TERRITORIAL Até 15 de Setembro

ESTADUAL Até 29 de setembro

NACIONAL 23 A 26 DE NOVEMBRO

AS CONFERÊNCIAS

São permitidas e até estimuladas as conferências intermunicipais, visando facilitar o processo, mas o ideal é que cada município organize pelo menos um encontro local/conferência livre, de modo a chegar na conferência intermunicipal com um conjunto mínimo de propostas que reflitam sua realidade local. Nas duas primeiras conferências nacionais de cultura muitos municípios ficaram sem propostas próprias, apenas discutindo os temas nacionais ou as demandas locais. A III Conferência Nacional de Cultura, a partir dos vários formatos possíveis de suas prévias, deve avançar neste sentido, para assumir seu papel de orientação de planejamento público para o setor de Cultura e Arte.

AS CONFERÊNCIAS LIVRES

Poderão ser organizadas conferências livres foram criadas para ampliar a participação dos diversos agentes culturais na Conferência Nacional de Cultura, de forma criativa e inovadora. Elas não competem ou concorrem com as etapas oficiais e são um importante espaço de mobilização de grupos, entidades e participantes para as Conferências Estaduais, bem como de continuidade, aprofundamento e ampliação de suas discussões. Não elegem delegados, mas enviam relatórios válidos. Em geral, têm apenas três condições:

1. Devem discutir os temas previstos

2. Devem ter pelo menos vinte pessoas presentes

3. Devem enviar o relatório da reunião

É importante que tudo esteja documentado. Assim, sugerimos que haja ata da reunião e relação dos participantes com: Nome completo, RG, Endereço, Contato. Com relação ao número e comprovação, é importante que haja o maior número possível de presentes e que a ata seja assinada pelos participantes.

Sobre a palestra de João Roberto Peixe, conferir em http://planosdecultura.ufsc.br/3a-conferencia-nacional-de-cultura/

About these ads